O banho e os brasileiros:somos campeões! bath and the Brazilians, we’re champions

Para saber os hábitos de higiene dos países no mundo, e poder compará-los, a Reckitt Benckiser, indústria de produtos de higiene e cuidados pessoais, fez uma pesquisa mundial com mais de 45 mil pessoas.
No Brasil foram 1.057 entrevistados em 4 capitais.
O brasileiro lava as mãos 35,7 vezes por semana, 5 por dia. A média é parecida com países como Itália, França, Rússia, Reino Unido, Alemanha, Estados Unidos, China, Índia e Japão, que lavam as mãos de 31 a 37 vezes por semana.
Se considerarmos 3 refeições e 3 idas ao banheiro todos os dias, é pouco o hábito de lavar as mãos 5 vezes por dia, sinal que não são em todas as refeições ou em todas as idas ao banheiro que as mãos são lavadas nesses países.
O chuveiro é ligado 19,8 vezes por semana no Brasil, índice maior que as 7,4 vezes dos americanos e 5,6 dos britânicos.
A banheira é utilizada pelos russos 3,8 vezes por semana, pelos brasileiros 2,5 enquanto os japoneses vão à banheira 8,5 vezes na semana.
Na Itália o chuveiro é utilizado 6,1 vezes na semana para o banho, mas 11,5 a pia é utilizada e em 13,7 vezes na semana o bidet serve a esses propósitos.
Os hábitos de higiene dos povos são difíceis de serem alterados, faz parte da cultura local, portanto, para a indústria e comércio de produtos de higiene e cuidados pessoais o importante é direcionar os seus produtos para os públicos específicos. Esse é o papel do planejamento do marketing. Por exemplo, produtos para banhos de banheira encontram o seu maior público consumidor no Japão, enquanto produtos dirigidos ao bidet têm mais chance de sucesso na Itália que em qualquer outro país. Leia mais: http://romeufriedlaenderjunior.blogspot.com/2010/06/no-banho-o-brasil-da-um-banho.html#ixzz0sTM296sO

Revista Época:
Os brasileiros lavam as mãos tanto quanto os europeus, mas tomam mais banhos – apesar de alguns serem de balde, segundo estudo encomendado por uma indústria de higiene e cuidados pessoais
Na Itália, França, Rússia, Reino Unido, Alemanha, Estados Unidos, China, Índia e Japão as pessoas normalmente lavam de 31 a 37 vezes as mãos durante a semana, mais ou menos como o brasileiro (35,7 vezes).
No banho, no entanto, nosso país não segue qualquer índice internacional.
Enquanto os britânicos se banham no chuveiro 5,6 vezes por semana e os americanos, 7,4, os brasileiros dão um “banho” (com o perdão no trocadilho) nos hábitos estrangeiros.
Por aqui, ligamos o chuveiro 19,8 vezes por semana.
Só que quando o banho é com balde, essa taxa diminui para 2,5 vezes, enquanto que nos outros países ela nem existe – exceto pela China (0,5) e Índia (0,8).
Já sabíamos que o brasileiro tomava bastante banho comparado ao europeu, mas não em relação a povos da Ásia. Os dados são de um estudo encomendado pela Reckitt Benckiser, indústria que fabrica produtos de higiene e cuidados pessoais. No total, 45 mil pessoas foram entrevistadas. No Brasil, os pesquisadores conversaram com 1.057 moradores de quatro capitais, no fim do ano passado. Com as informações da pesquisa é possível fazer algumas constatações.
Lavar as mãos 35 vezes na semana é pouco, se contarmos três refeições ao dia e pelo menos quatro idas ao banheiro diárias ( [3 + 4] x 7 = 49). Entre os brasileiros, 64% lavam as mãos de manhã, 53% antes ou depois das refeições, 46%, depois que chegam do trabalho ou escola, 40% depois de usarem transporte público e 9%, antes de alguma atividade religiosa. A hora do banho é majoritariamente pela manhã (88%), mas 42% tomam depois do trabalho ou escola, 45%, antes de dormir e, 25%, antes de passear.
Entre os dados também é possível ver em quais países os habitantes preferem banhos relaxantes na banheira: na Rússia, a população é adepta a esse recurso 3,8 vezes por semana. Já na Alemanha, apenas 1,1 vez. No Brasil, 2,5 e, no Japão, onde o ofurô foi inventado, a população toma banho de banheira 8,5 vezes pode semana – o índice mais alto mostrado no estudo. E na pia ou tanque? Brasileiros tomam banho nesses reservatórios de água 13,7 vezes por semana. A Itália vem em segundo lugar, com 11,5, e a China, por último, 1,1. O bidet, tão menosprezado pela arquitetura contemporânea, é lugar de banho para os italianos também. Nele, a população da Itália se banha 13,7 vezes na semana, ou seja, os moradores da península em formato de bota preferem a pia (11,5) ou o bidet (13,7) ao velho e bom chuveiro (6,1). Os indianos também são fãs dessa louça (8,9 banhos na semana), ao contrário de todos os outros países consultados.
fonte:http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI146532-15257,00-BRASILEIROS+TOMAM+VEZES+MAIS+BANHOS+QUE+BRITANICOS.html