Livros – novos e muito baratos! (o link aqui – é só clicar)


São 10.000 títulos sobre assuntos variados e por um preço sem igual:R$ 10,00
Administração e Negócios
Histórias em Quadrinhos, RPG e Cards
Artes
Psicologia
Moda, Beleza & Dicas
Auto-Ajuda e Desenvolvimento Humano
Lingüística
Direito
Ciências Humanas e Sociais
Medicina e Saúde
Religião
História e Geografia
Comunicação
Engenharia
Culinária e Gastronomia
Literatura Infanto-Juvenil
Informática
Dicionários
Economia
Literatura Nacional
Ciências Exatas
Ensino de Línguas Estrangeiras
Didáticos e Educação
Esoterismo
Esportes
Sexo
Viagens e Turismo
Literatura Estrangeira
Ciências Biológicas e Naturais
Agricultura e Agropecuária
Arquitetura e Urbanismo
Pockets

Poetry
Philosophy
Juvenile Fiction
Sports & Recreation

Apenas 7,47% da população brasileira compram livros não didáticos e destinam à literatura o equivalente a 0,05% da renda familiar, segundo um estudo divulgado no sábado por editores reunidos no Instituto Pró-Livro.
O pouco orçamento destinado à leitura se reflete em que 60% dos brasileiros nunca abrem um livro e, quem tem o costume, lê 1,3 obra literária ao ano, segundo o estudo, baseado em dados oficiais.
A taxa de leitura no país aumenta para 4,7 exemplares por ano incluindo as obras pedagógicas e didáticas.
Segundo o estudo, 75% dos brasileiros que se consideram leitores afirmaram na enquete que sentem prazer na leitura, e o resto admitiu que só lê por obrigação.
A média de leitura dos brasileiros é dez vezes inferior à dos Estados Unidos e quase a metade à da Colômbia, país onde se lê em média de 2,4 livros por ano, segundo as mesmas fontes.
O estudo indica que, no Brasil, 21 milhões de pessoas são analfabetas, incluídas nos 77 milhões de habitantes considerados não leitores, e 95 milhões leem ativamente, segundo dados de 2007. EFE