A primeira ciclovia fosforescente !

Andar de bicicleta à noite e sem luzes é arriscado. No entanto na cidade de Nuenen  (perto de Eindhoven) no sul da Holanda, acaba de ser inaugurada  a primeira ciclovia fosforescente.  Graças à luz do dia, a ciclovia do designer holandês Daan Roosegaarde ,fica iluminada à noite. Os desenhos da pista são baseados na pintura de Vincent Van Gogh “Noite Estrelada”, pintado em 1889. 

ciclovias aquecidas…


No Brasil a maioria das cidades aguarda a construção de ciclovias eficientes para diminuir o fluxo de carros e demais veículos.Na Holanda onde o frio é extremo no inverno
dirigir um carro na neve e no gelo é perigoso. Pedalar nestas condições então… corre-se o risco de derrapar,cair e machucar-se seriamente.É por isso que o país está considerando ciclovias de piso  aquecidas com tubos subterrâneos.
Numa reportagem da  De Telegraaf  site de notícias, a União Ciclistas Holandeses informa da  possibilidade de pavimento aquecido por tubos subterrâneos em algumas ciclovias.Estes caminhos aquecidos induziria ciclistas  para utilizar mais as bikes,  reduzindo acidentes nas estradas com neve, e manter menos carros nas estradas.

A província holandesa de Utrecht está considerando ciclovias  aquecidas, como é a cidade de Zutphen.
O custo é estimado entre  $ 25.000 – 50.000 por quilômetro de ciclovia aquecida ficando os tubos a 50 metros de profundidade.

Como a bicicleta tomou conta da Holanda?Bicycle paths of The Netherlands.

A Holanda é bem conhecida pela sua excelente infraestrutura no que diz respeito às ciclovias.Como os holandeses conseguiram fazer esta rede de caminhos e vias para os ciclistas? (em inglês). The Netherlands is well known for its excellent cycling infrastructure. How did the Dutch get this network of bicycle paths? Read more: http://hembrow.blogspot.com/2011/10/how-dutch-got-their-cycling.html

Ciclovias interrompidas…em NY também ! NYC cyclist vs. bike lanes


From Boing boing.com

Problema não único e exclusivo do Brasil(onde existem ciclovias…).O problema é que em Nova York você recebe a multa se rodar fora da ciclovia…

A NYC cyclist who received a fine for straying out of the bike-lane recorded this video of his attempt to ride around town without leaving the bike-lane, instead crashing merrily into any obstacle that he encountered, from taxis to construction equipment.

Plano cicloviário : comparando cidades…

video e texto do site :http:screamingmonkeybike.blogspot.com

Segundo os “especialistas” nossa cidade (Porto Alegre) necessita de R$ 100.000,00 por quilômetro para fazer as ciclovias…

Vejamos um caso que esta saindo do papel…cidade de Indianápolis nos EUA onde por um orçado de U$ 20.000.000 serão construídas as ciclovias, acessos e assitências aos ciclistas e pedestres aos centros culturais, parques,ligando bairros e locais
importantes da cidade…O retorno esperado: empregos, novos negócios,turismo,e milhões de dólares injetados na economia.

Falta empenho, políticos e pressão da comunidade para a ciclovia sair do papel.
Precisamos de pessoas com visão para o futuro – o futuro não está nos carros.
Veja o video que mesmo sendo em inglês ensina muito para quem não entende o idioma:

http://vimeo.com/moogaloop.swf?clip_id=6578628&server=vimeo.com&show_title=0&show_byline=0&show_portrait=0&color=&fullscreen=1

Indianapolis Cultural Trail from Gail Payne on Vimeo.

Indianapolis. World class cycling city.

Indianapolis, IN: Received $20,500,000 to complete an extensive bicycle and pedestrian network in the center of the city called the Indianapolis Cultural Trail. The completion of the trail, which will connect five key neighborhoods, will put Indianapolis in the top tier of bicycle-friendly downtowns in America. In some areas, city planners are taking a full lane and turning it over to pedestrians and cyclists. The Indianapolis Star has more. The video below is a good overview.

Ciclovias-delimitando nosso espaço! (also in english)

Minha cidade não tem uma rede de ciclovias.Talvez algum dia, se evoluirmos e deixarmos o excesso de conforto na garagem. Bicicletas são muito utilizadas nos países que chamamos de

1º mundo…Aqui no Brasil, pedalar em dia diferente do Domingo é quase um suicídio.

Em algumas cidades há um protesto feito através de um equipamento que é acoplado na roda traseira e que vai colorindo o local por onde normalmente passam os ciclistas.

O nome do equipamento Contrail.

A idéia é lembrar aos usuários das vias principais que por ali passam bicicletas e que esquecemos do espaço destinado a este veículo que não polui e que traz tantos benefícios a todos,desde que haja um espaço para ele transitar.

A idéia visa lembrar(protesto) que não há uma política para este tipo de transporte e desta maneira fazer lembrar que por ali passam ciclistas.

texto a seguir não foi traduzido

Contrail is a tool for developing bicycle communities. As you ride, contrail leaves a faint chalk line behind your bike. The goal is to encourage a new cycle of biking participation by allowing the biking community to leave a unique mark on the road and to reclaim this crucial shared space.
The old cycle: More cars on the road –> more percieved danger for bikers –> fewer bikers on road –> even more cars on the road.
The new cycle: A few bicyclists ride with contrail a couple times per week –> faint lines on the road inspire curiosity and remind bikers where it’s safe to ride –> new bikers are encouraged to ride and use contrail –> contrail lines get brighter as community grows.
By using this device, bicyclists will have a clearer path on which to ride safely and out of the way of vehicular traffic. At the same time, as more bicyclists using the Contrail go over a line created by a cyclist before them, the line gets brighter allowing drivers to clearly see a marked bike path where there might be none. It’s sort of similar to what happens when a dirt path appears in a grassy field after lots of people have taken the same shortcut over a period of time.