Coisas que aprendi…

Felicidade o tempo todo é insuportável…?Tente viver uma semana sem nenhum desafio, nenhum problema para resolver… Felicidade plena só serve para aqueles que desejam ficar mergulhados no éter.O resultado vem com “doses cavalares” de rotina.Leia-se éter aqui na tentativa de explicar o resultado da rotina em nossas vidas.
A felicidade excessiva nos torna pesados, lentos, perigosamente acostumados ao confortável, ao cantinho quente da casa.Não percebemos que estamos ficando presos em uma teia gigante.
O normal,o que dá sentido na vida é passar pelas experiências e desafios que a vida nos apresenta.Que nos faça chorar, que nos faça ranger os dentes, praguejar até…
A felicidade é “um saco” quando em demasia.
Claro que precisamos todos os dias daqueles momentos de realização, de plenitude, enfim de felicidade. Mas que ela venha após algum esforço, trabalho, ajuda ao próximo.Que ela se apresente depois de ganhar o pão de cada dia.
Que no meu caminho haja, sim pedras para serem removidas. Eu não quero uma free-way
pronta, asfaltada e sem pedágio…quero construir eu mesmo a minha estrada e depois dizer:
Esta estrada fui eu quem fiz.
Quando faço minhas orações, peço saúde e prosperidade para mim e todos que me acompanham, amigos ou não. Os “inimigos” fazem parte do meu crescimento…sem eles não saberia desviar ou mudar as minhas rotas para prosperar.
Vivendo assim encontro o equilíbrio e este finalmente me levará a pequenos momentos de pura felicidade.