O monje e o macaco -the monk and the monkey

http://vimeo.com/moogaloop.swf?clip_id=14441514&server=vimeo.com&show_title=0&show_byline=0&show_portrait=0&color=ff0179&fullscreen=1&autoplay=0&loop=0
Um garoto determinado,Ragu, é mandado pelo seu mestre para sua prova final
A determined young boy, Ragu, is sent by his master on his final quest to
para se tornar um monje.Uma aparente simples tarefa acaba se transformando
become a monk. A seemingly simple task becomes an unexpected challenge
num inesperado desafio para Ragu quando ele descobre o valor real da sua
prova.
for Ragu as he discovers the real value of his quest.

© 2010 Brendan Carroll & Francesco Giroldini. Music by Erez Koskas.
Ringling College of Art + Design.

Enquanto os joelhos suportarem…Le Parkour!

Enviado pelo amigo Silvio L.

Veja também /  see also :  Russos saltam de prédio para prédio…(link abaixo)

Russian jump Building to
Building…CRAZY!! (link below)

http://ummaisoumenos.blogspot.com/2009/11/saltos-quase-mortaisde-telhado-para.html

O espaço necessário = vácuo para prosperar!


Enviado via e-mail pelo amigo Silvio L.
(Gotas de Cristal-Conceição Trucom)

Você tem o hábito
de juntar objetos inúteis no momento,
acreditando que um dia (nem sabe quando
poderá precisar deles?

Você tem o hábito
de juntar dinheiro só para não gastá-lo,
pois no futuro poderá fazer falta?

Você tem o hábito
de guardar roupas, sapatos, móveis,
utensílios domésticos e outros tipos de equipamentos
que´já não usa um bom tempo?

E dentro de você?
Você tem o hábito
de guradar mágoas,
ressentimentos,raivas e medos?

Não faça isso.
É antiprosperidade.

É preciso criar um espaço, um vazio,
para que as coisas novas cheguem em sua vida.

É preciso eliminar o que é inútil em você e na sua vida,
para que a prosperidade venha.

É a força desse azio que absorverá
e atrairá tudo o que você almeja.

Enquanto você estiver material ou emocionalmente
carregado de coisas velhas e inúteis,
não haverá espaço aberto para novas oportunidades.

É preciso criar um espaço, um vazio,
para que as coisas novas cheguem em sua vida.

É preciso eliminar o que é inútil em você e na sua vida,
para que a prosperidade venha.

É a força desse vazio que absorverá
e atrairá tudo o que você almeja.

Enquanto você estiver material ou emocionalmente
carregado de coisas velhas e inúteis,
não haverá espaço aberto para novas oportunidades.

Os bens precisam circular.
Limpe as gavetas, os guarda-roupas,
o quartinho lá do fundo, a garagem.
Dê o que você não usa mais.
Venda, troque, movimente e não acumule.

Dê espaço para o novo.
(não estamos falando de capitalismo/consumismo)

A atitude de guardar um monte de coisas inúteis amarra sua vida
Não são objetos guardados que emperram sua vida,
mas o significado da atitude de guardar.

Quando se guarda, considera-se
a possibilidade da falta, da carência.

É acreditar que amanhã poderá faltar,
e você não terá meios de prover suas necessidades.

Com essa postura, você esta enviando
duas mensagens para o seu cérebro e para a vida:

1ª você não confia no amanhã!
2ª Você acredita que o novo e o melhor não são para você,
já que se contenta em guardar coisas velhas e inúteis.

O princípio de não acreditar que o melhor é para você,
pode se manifestar por exemplo, na conservação de
um velho e inútil liquidificador.

Esse princípio , expresso num objeto,
denota um comportamento
que pode também estar presente
em outras áreas da sua vida,
gerando entraves ao sucesso e à prosperidade.

O simples fato de dar para alguém
o velho liquidificador,
colocando o objeto em circulação,
cria um vácuo para que algo melhor
ocupe o espaço deixado.

Emocionalmente, também.
Você passa a acreitar que o novo
compensará o objeto doado.

Arejar espaços,fora e dentro “da gente”
faz um bem enorme!
Vamos lá…Mãos à obra!
Desfaça-se do que perdeu a cor e o brilho
e deixe entrar o novo em sua casa
e dentro de você!