O primeiro voo (base jumping) do ganso ! Goose first "base-jumping"!

Anúncios

O burro "casca-dura"

Um dia, o burro de um camponês caiu num poço. 
Não chegou a se ferir, mas não podia sair dali por conta própria. 
Por isso o animal chorou fortemente durante horas, enquanto 
o camponês pensava no que fazer.

















Finalmente, o camponês tomou uma decisão cruel: 
concluiu que já que o burro estava muito velho e que o poço 
estava mesmo seco, precisaria ser tapado de alguma forma. 
Portanto, não valia a pena se esforçar para tirar o burro de dentro 
do poço. Ao contrário, chamou seus vizinhos para ajudá-lo a enterrar 
vivo o burro. Cada um deles pegou uma pá e começou a jogar terra dentro 
do poço.

O burro não tardou a se dar conta do que estavam fazendo com ele 
e chorou desesperadamente. Porém, para surpresa de todos, o burro 
aquietou-se depois de umas quantas pás de terra que levou.

O camponês finalmente olhou para o fundo do poço e se surpreendeu 
com o que viu.

A cada pá de terra que caía sobre suas costas o burro a sacudia, dando 
um passo sobre esta mesma terra que caía ao chão. Assim, em pouco tempo, 
todos viram como o burro conseguiu chegar até a boca do poço, passar por cima 
da borda e sair dali trotando.

A vida vai te jogar muita terra nas costas. Principalmente se você já estiver dentro de 
um poço. O segredo para sair do poço é sacudir a terra que se leva nas costas e dar 
um passo sobre ela. Cada um de nossos problemas é um degrau que nos conduz para 
cima.

Podemos sair dos mais profundos buracos se não nos dermos por vencidos. Use a terra 
que te jogam para seguir adiante!

Recorde-se das 5 regras para ser feliz:

Liberte o seu coração do ódio.
Liberte a sua mente das preocupações.
Simplifique a sua vida.
Dê mais e espere menos.


Ame-se mais e…aceite a terra que lhe jogam. 
Ela pode ser a solução, não o problema.

Bombeiros: o mesmo espírito em todos os lugares!Firefighters have the same spirit in all world!

Se o ´desafio é salvar alguém, bombeiro de verdade não pára em nenhum obstáculo. Veja este exemplo. Fire truck drives through flood waters in Eltham (Melbourne Australia) on Christmas Day 2011. O caminhão é um Isuzu.É bom este caminhão hem??

Isolados e engolidos pelos monstros de concreto…stubborn "nail" houses

Teimosia,birra ou amor do tipo “lar doce lar”?Aqui exemplos de pessoas que não vendem de jeito nenhum suas casas e acabam sendo engolidas pelos monstros de concreto:

Em Seattle, USA:

A casa de Edith Macefield, que foi morar no local em 1966 antes da área se tornar a mais importante no ramo das construções da cidade.Desde então ela se negou a aceitar inúmeras ofertas, sendo que a maior delas seria de 1 milhão de dólares. Os empreendedores tocaram
suas obras mesmo assim e a casa ficou cercada conforme se vê nas fotos :

Edith Macefield’s little home example of a nail house. Edith, who passed away last year, moved into this house in 1966 – long before the area’s construction boom – and since then had turned down numerous offers from developers wishing to build a complex on her land, the highest of which is rumoured to be $1m. The developers decided to build the complex anyway and surround the house with sharp, sleek, characterless surfaces.

Em Changsha, China

Esta casa/loja totalmente desfigurada e com péssima aparência fica em frente e na calçada de modernas construções de um shopping center no centro de Changsha City.O contraste é absurdo…
this dilapidated shop/home sits continues to do business outside a sparkling, relatively modern-looking shopping centre in changsha city and the contrast between the two buildings is shocking

Na cidade de washington dc, u.s.a.

No início da obra… durante…


e no final….

A casa do Sr. Spriggs, que não vendeu, mesmo com uma oferta de 3 milhões de dólares…

In 2006, Austin Spriggs was happily living in a house that would soon become a thorn in the side of local developers. Such a thorn in fact that mr. Spriggs was offered more than $3m for the property in 2008 even though the property was previously only worth an estimated $200k. needless to say, he turned the offer down and then proceeded to take out a loan to convert the building into a pizza joint. As you can see, the building is absolutely dwarfed by the surrounding developments.
Se fosse no meu país…será que haveria respeito à Constituição (propriedade) como
mostram as fotos acima?Duvido!…