Terra x Marte: entenda a distância. Understand the distance between Earth and Mars.

Considerando que a terra tenha uma área (largura) de 100 pixels (ou 12.756 km) , entenda
a distância da terra até lua e depois do nosso planeta até Marte. A velocidade da “nave” é
de 7.000 “pixels” por segundo . A lua estaria 3.000 pixels distante do nosso planeta. Marte estaria
428.000 “pixels” de distância. Entenda a distância que os astronautas irão enfrentar, provavelmente
em 2030.

Do outro lado da Terra (por dentro) /Antipodes Map by Google.

http://www.antipodemap.com/

Em geografia,  antípodas de qualquer lugar da Terra é o seu ponto oposto, ou seja, a região sobre a superfície da Terra, que é diametralmente oposta a ela. Dois pontos que são antípodas  a  outra estão ligados por uma linha reta através do centro da Terra.

Sobre a Terra, apenas 4% da superfície possui pontos antipodais situados ambos em terras emersas. Em 46% dos casos, ambos os pontos antipodais são situados nos oceanos, e os restantes 50% são mistos.
Clique duas vezes sobre ou mova o mapa original para definir um marcador em um local desejado. O mapa antípoda mostrará automaticamente a sua localização no outro lado do planeta.

Antipodes Map See the other side of the world.
In geography, the antipodes of any place on Earth is its antipodal point; that is, the region on the Earth’s surface which is diametrically opposite to it. Two points which are antipodal to one another are connected by a straight line through the centre of the Earth. 
Double-click on or move the original map to set a marker on a desired location. The antipode map will automatically show it’s antipodal location.

Duas reservas que valem mais que todo o petróleo do mundo!

O Aquífero Alter do Chão é uma reserva de água subterrânea localizada sob os estados do Pará, Amapá e Amazônia.Abastece a totalidade de Santarém e quase a totalidade de Manaus através de poços profundos. Dados iniciais revelam que sua área é de 437,5 mil km2 com espessura de 545 metros.Pesquisadores da Universidade Federal do Pará desenvolvem estudos que podem revelar que o aquífero pode ser maior que o calculado inicialmente, passando inclusive a ser maior que o Aquifero Guarani. Com 86 mil quilômetros cúbicos, o aquifero poderia ser suficiente para abastecer em aproximadamente 100 vezes a população mundial.O Aquífero Guarani é a segunda maior reserva subterrânea de água doce do mundo.

O Alter do Chão ocupa uma pequena área em extensão mas um grande volume, reservando aproximadamente 85 mil Km³ de água contra apenas 55 mil Km³ do aquífero Guaraní.

A seguir entrevista com Andre Montenegro Duarte,graduado em Engenharia Civil Universidade Federal do Pará – UFPA. Na Universidad Politecnica de Valencia realizou o mestrado na área de Engenharia e, na UFPA, onde atualmente é professor, fez o doutorado em Geologia e Geoquímica, intitulado O Valor Econômico e Estratégico das Águas da Amazônia(entrevista realizada
pela IHU On-Line.André Montenegro Duarte – A água que está armazenada no Alter do Chão, com aproximadamente 84 quadrilhões de litros, duas vezes o volume do Aquífero Guarani, não será alterada por obras como uma barragem, hidrovia, pois está no subsolo. O que acontece em algumas obras com grandes áreas de desmatamento, é que provocam uma mudança no ciclo da água, que é o responsável pela recarga e manutenção do Aquífero ao longo desses milhões de anos. Em algum momento essa água será explorada, devido ao fato de ela tem um valor econômico muito grande, mas se não houver recarga, ficará insustentável. Então essas intervenções humanas causam problema não ao volume de água que está lá dentro, mas trazem a possibilidade de alterar o ciclo da água na região, prejudicando a manutenção do Aquífero.

Como já citei, Manaus, Santarém e outras pequenas localidades já são abastecidas com esta água; mas é um volume muito pequeno em relação ao potencial do Aquífero. Sabemos, porém, que a água potável é um bem que está se tornando cada vez mais raro e escasso, por isso está sendo agregado grande valor econômico ao Aquífero, que já desperta o interesse de empresas de grande porte de todo o mundo. Elas estão inclusive adquirindo áreas na região para fazerem a exploração no futuro. Potencialmente tem um mercado muito grande.

IHU On-Line – Mas há uma forma de preservar esse ciclo da água mesmo com a exploração?

André Montenegro Duarte – Nós estamos fazendo alguns estudos que são uma tentativa de gestão e utilização dessa água de forma estacional e inteligente dando valor para a ideia de “não uso”. Ou seja, uma parte seria utilizada e outra preservada. E a essa segunda parte também se agrega valor. Existem posturas teóricas que precisamos implementar para que consigamos implementar estas questões de forma mais pragmática.

IHU On-Line – O senhor pode nos explicar o que é o conceito de valor do “não uso”?

André Montenegro Duarte – Vou te dar um exemplo real: a floresta tem valor quando um madeireiro corta a madeira e a vende. Ela tem também um grande valor quando essa madeira permanece lá, ou seja, em pé. A floresta preservada pode ter um valor de “não uso” muito maior. Um desses valores está ligado ao sequestro de não uso do CO2, hoje já se consegue auferir receita ou valor econômico para a preservação daquele espaço através desse processo. Hoje, existem mercado de resgate de CO2 que possibilita o “não uso”.

A água também pode ter um valor de “não uso” agregado. O mais importante, nesse caso, é, principalmente, preservar o ciclo da água do que o reservatório em si. Para manter o Alter do Chão é preciso preservar o ciclo hidrológico e, para isso, é preciso ter um elemento compensatório.

Uma gigantesca reserva de água doce fica no subsolo da América do Sul: O aquífero Guarani.No Brasil ele se estende pr oito estados do Sul,Sudeste e Centro-Oeste.O Aquífero se espalha também pela Argentina,Uruguai e pelo Paraguai.
Nomeado em homenagem à tribo Guarani, possui um volume de aproximadamente 55 mil km³ e profundidade máxima por volta de 1 800 metros, com uma capacidade de recarregamento de aproximadamente 166 km³ ao ano por precipitação. É dito que esta vasta reserva subterrânea pode fornecer água potável ao mundo por duzentos anos. Devido a uma possível falta de água potável no planeta, que começaria em vinte anos, este recurso natural está rapidamente sendo politizado, tornando-se o controle do Aquífero Guarani cada vez mais controverso.

obs: alguns estudos dizem que na Austrália encontra-se o segundo maior aquífero.

Estende-se por 1,2 milhão de quilometros quadrados, o que equivale aos territórios da Inglaterra,França
e Espanha juntos.Tem 45 quatrilhões de litros de água…Tem água até 1800 metros de profundidade em
alguns pontos…
70% dele esta no Brasil,a Argentina tem 19% , o Paraguai tem 6% e o Uruguai tem 5%.
Ribeirão Preto em São Paulo é abastecida  100% por esta água…ÁGUA -Situação Mundial – HOJE
97,5% constitui-se de água salgada e apenas 2,5% em água doce
Do total do volume de água doce (34,6 milhões km³) do planeta, cerca de 30,2% (10,5 milhões de km³) pode ser utilizada para a vida vegetal e animal nas terras emersas, pois 69,8% encontram-se nas calotas polares, geleiras e solos gelados
Dos 10,5 milhões de km3 de água doce, cerca de 98,7% (10,34 milhões de km³), corresponde à parcela de água subterrânea, e apenas 92,2 mil km³ (0,9%) corresponde ao volume de água doce superficial (rios e lagos), diretamente disponível para as demandas humanas, que corresponde a 0, 008% do total de água no mundo.



A América do Sul e a Ásia concentram os maiores potenciais de recursos hídricos do mundo, com 12.379 e 11.727 km³/ano, respectivamente, seguidas pela América do Norte com 7.480 km³/ano e a Europa com 6.631 km³/ano (FAO, 2002a). Os menores potenciais encontram-se na África, Oceania e América Central (3.950, 1.711 e 781 km³/ano, respectivamente).

-Terra -Earth-



Olhe bem, preste atenção:é o único lugar para você, para mim, para todos nós em bilhões, talvez trilhões ou mais de quilômetros…cada pequenina ação de ajuda ao planeta, reflete positivamente em algum ponto da biosfera.Somos bilhões de seres humanos e se cada um apagar uma lâmpada, consumir menos água, deixar em casa o carro por um dia, plantar uma árvore,etc… os reflexos positivos aparecerão.

Hoje a natureza começa a ver o ser humano como uma ameaça, devido a destruição que vem causando. As consequências deste comportamento já estamos sentindo.Vamos mudar?vamos ensinar as próximas gerações? faça algo, por você,for mim, pela humanidade.

Give a look at this photo, pay attention: it’s the only place for you, for me, for us in billions, perhaps trillions of miles or more … every little action to aid the planet, reflects positively somewhere in the biosfera.We are billions and each lamp we turn off, if we consume less water, leave the car at home for a day, plant a tree, etc … the positive reflections will appear. Today, nature is beginning to see human beings as a threat. The consequences we are seeing at the news .Let´s change?Can we teach the next generations? Do something for you,for me ,for all human beings. (and sorry about my english…)