O burro "casca-dura"

Um dia, o burro de um camponês caiu num poço. 
Não chegou a se ferir, mas não podia sair dali por conta própria. 
Por isso o animal chorou fortemente durante horas, enquanto 
o camponês pensava no que fazer.

















Finalmente, o camponês tomou uma decisão cruel: 
concluiu que já que o burro estava muito velho e que o poço 
estava mesmo seco, precisaria ser tapado de alguma forma. 
Portanto, não valia a pena se esforçar para tirar o burro de dentro 
do poço. Ao contrário, chamou seus vizinhos para ajudá-lo a enterrar 
vivo o burro. Cada um deles pegou uma pá e começou a jogar terra dentro 
do poço.

O burro não tardou a se dar conta do que estavam fazendo com ele 
e chorou desesperadamente. Porém, para surpresa de todos, o burro 
aquietou-se depois de umas quantas pás de terra que levou.

O camponês finalmente olhou para o fundo do poço e se surpreendeu 
com o que viu.

A cada pá de terra que caía sobre suas costas o burro a sacudia, dando 
um passo sobre esta mesma terra que caía ao chão. Assim, em pouco tempo, 
todos viram como o burro conseguiu chegar até a boca do poço, passar por cima 
da borda e sair dali trotando.

A vida vai te jogar muita terra nas costas. Principalmente se você já estiver dentro de 
um poço. O segredo para sair do poço é sacudir a terra que se leva nas costas e dar 
um passo sobre ela. Cada um de nossos problemas é um degrau que nos conduz para 
cima.

Podemos sair dos mais profundos buracos se não nos dermos por vencidos. Use a terra 
que te jogam para seguir adiante!

Recorde-se das 5 regras para ser feliz:

Liberte o seu coração do ódio.
Liberte a sua mente das preocupações.
Simplifique a sua vida.
Dê mais e espere menos.


Ame-se mais e…aceite a terra que lhe jogam. 
Ela pode ser a solução, não o problema.

Anúncios

Banda Huecco de Espanha visita o Haiti

Eu tinha em mente colocar um dos excelentes videos
da banda, mas este aqui em especial me tocou e não
pude deixar de acrescentar ao blog.Parabéns Huecco
pela iniciativa!


El pasado 4 de mayo, Huecco y Miguel Ángel Leal (director creativo de la firma Cristian Lay) viajaron hasta Haití para comenzar las obras de reconstrucción del Orfanato “Notre Dame de la Charité” en Leogane (Haití), que acoge a 29 niñas sin familia, algunas de ellas víctimas de agresiones. Claudia Pinto, presidenta de la ONG californiana ONE CHILDREN´S FOUNDATION, se está encargando de las gestiones para que la reconstrucción se lleve a cabo lo antes posible: “El terremoto derribó el orfanato y esas niñas están durmiendo bajo unas palmeras a expensas de cualquier nueva amenaza, pues sólo hay una monja (La hermana Elianne) cuidando de ellas” -ha declarado-.

Cristian Lay sacará a la venta el 24 de mayo en su web http://tienda/cristianlay.es la colección “se acabaron las lágrimas” de pulseras, gargantillas y anillos con logos de Huecco, cuyo beneficio íntegro irá destinado a la reconstrucción del Orfanato. Se espera recaudar cerca de 70.000€ para hacerlo posible.

Lição importante – cultura indiana

Lição Indiana – CARL SAGAN

Na Índia são ensinadas as “Quatro Leis da Espiritualidade

A primeira diz:

“A pessoa que vem é a pessoa certa”

Significando que ninguém entra em nossas vidas por acaso, com todas

as pessoas ao nosso redor, interagindo com a gente, há algo para nos

fazer aprender e avançar em cada situação.

A segunda lei diz:

“O que aconteceu? A única coisa que poderia ter acontecido”

Nada, nada, absolutamente nada que nos acontece em nossas vidas poderia

ter sido de outra forma. Mesmo o menor detalhe. Não há nenhum “se eu tivesse

feito tal coisa …, aconteceu que um outro …”. Não.

O que aconteceu foi tudo o que poderia ter acontecido, para nós aprendermos

a lição e seguirmos em frente. Todas e cada uma das situações que

acontecem em nossas vidas são perfeitas.

A terceira diz:

“Toda vez que você iniciar, é o momento certo”

Tudo começa na hora certa, nem antes nem depois. Quando estamos

prontos para iniciar algo novo em nossas vidas, é que as coisas

acontecem.

E a quarta e última:

“Quando algo termina,termina”

Simplesmente assim. Se algo acabou em nossas vidas é para a

nossa evolução, por isso é melhor sair, ir em frente enriquecendo-se

com a experiência. Não é por acaso que estamos lendo esse texto,

se veio à nossa vida hoje, é porque estamos preparados para

entender que nenhum floco de neve cai no lugar errado!