Quase atropelados! Almost injured!

Na cidade de San Rafael,California – EUA um treinador de cães para cegos, o cão (labrador) e sua dona (utilizando uma venda nos olhos) faziam um passeio para aprendizagem em uma calçada da cidade. A reação do cão e a presença de espírito do instrutor salvou
a vida de todos!

In this video taken by a security camera in downtown San Rafael, Calif., a runaway car careens onto the sidewalk and accelerates toward two Guide Dogs for the Blind trainers with a trainee dog. No one was injured in the accident. (Video provided by Guide Dogs for the Blind)

O menor cão do mundo!É uma pulga?

 In this video by Barcroft Media, you can learn more about Meysi, a dog that may be considered the world’s smallest dog. At just 7 cm tall, 12 cm long, and weighing just 150 grams, Meysi is about the size of a soda can. This extremely tiny terrier crossbreed lives in Jarocin, Poland with her human companion, Anna Pohl.

Neste video de http://www.barcroftmedia.com/  você pode ver mais sobre Meysi, um cão que talvez seja
o menor do mundo. Tem apenas 7 cm de altura e 12 cm de comprimento e pesa 150 gramas. Meysi tem
o tamanho de uma lata de refrigerante. Este terrier “misturado” vive em Jarocin, Polônia com sua dona Anna
Pohl.

Quem tem mais cachorros? Brasil! More dogs per people in Brasil!




O Brasil é o país que lidera em termos absolutos a lista de número de cães (pequenos) por cidadão.Hoje
há quase 36 milhões de pequenos cães vivendo nos lares dos brasileiros.São mais cachorros nas casas
do que o número de cidadãos canadenses, por exemplo…Veja o gráfico abaixo:
Brazil tops the list in absolute terms, with nearly 36 million pups—more dogs than Canada has people.

A faithful dog – Um cachorro de fé…

Capitão foi adotado ainda pequenino por Miguel Guzmám de Villa Carlos Pa em Cordoba, na Argentina em 2005. Ele adotou o Pastor Alemão para o seu filho Damien, mas o cãozinho amava Miguel. Então em março de 2006,Miguel morreu. O cachorro desapareceu por algum tempo, e a família pensou que ele tinha ido embora. Quando visitaram o túmulo de Miguel, lá estava ele. O cão se recusa a deixar o cemitério, mesmo seis anos depois. Uma bonita história que este cão nos ensina sobre manter a memória daqueles que nos são caros.

Capitán was adopted as a puppy by Miguel Guzmán of Villa Carlos Paz Cordoba, Argentina, in 2005. He got the German Shepherd for his son Damien, but the puppy loved Miguel. Then in March of 2006, Miguel died. The dog disappeared for a while, and the family thought he’d gone to live with someone else. But when they visited Miguel Guzmán’s grave, there was Capitán. The dog refuses to leave the cemetery, even six years later. Hector Baccega, the administrator of the Villa Carlos Paz Cordoba cemetery, told the press that Capitán has won the affection and respect of all the cemetery caretakers, who always make sure he’s properly fed and up-to-date with his immunizations. At one point they even brought in a vet, after Capitán showed up with a broken leg. Baccega says Capitán walks with him through the cemetery every day, but as night approaches, he always returns to Miguel’s graveside and lays his head down next to the headstone. He feels this amazing dog is teaching humans a valuable lesson about cherishing the memory of their loved ones.