A incrível história de Raymundo ! The Conditioned

Uma história incrível. Click to see in Vimeo.
Raimundo Arruda Sobrinho era mais um mendigo na cidade de São Paulo. Ele era conhecido localmente por sentar e escrever todos os dias no mesmo lugar. Foi assim por 35 anos… até que em abril de 2011 uma mulher chamada Shalla Monteiro ficou amiga de Raimundo.
Impressionada com o trabalho poético de Raimundo e querendo ajudar em seu sonho de publicar um livro, Shalla criou uma página no Facebook para mostrar o que o morador de rua vinha escrevendo por tantos anos.
Nenhum dos dois poderia esperar o que aconteceu em seguida.
O próprio Facebook fez questão de participar da história e produziu o vídeo de 4m30s que você vê acima. Clique no link, assista até o final e se surpreenda com o desfecho dessa história.
Anúncios

Renovação – Voe alto e livre-se das amarras ! A lição da águia .

A águia é a ave que possui a maior longevidade da espécie. 
Chega a viver cerca de 70 anos.
 Porém, para chegar a essa idade, aos 40 anos, ela precisa tomar uma séria e difícil decisão. 


Aos 40 anos, suas unhas estão compridas e flexíveis e já não conseguem mais agarrar as presas, das quais se alimenta.O bico, alongado e pontiagudo, se curva. Apontando contra o peito, estão as asas, envelhecidas e pesadas, em função da grossura das penas, e, voar, aos 40 anos, já é bem difícil! 
Nessa situação a águia só tem duas alternativas: deixar-se morrer… ou enfrentar um dolorido processo de renovação que irá durar 150 dias. 


Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e lá recolher-se, em um ninho que esteja próximo a um paredão.Um lugar de onde, para retornar, ela necessite dar um vôo firme e pleno.Ao encontrar esse lugar, a águia começa a bater o bico contra a parede até conseguir arrancá-lo, enfrentando, corajosamente, a dor que essa atitude acarreta. Espera nascer um novo bico, com o qual irá arrancar as suas velhas unhas.Com as novas unhas ela passa a arrancar as velhas penas. 
E só após cinco meses, “renascida”, sai para o famoso vôo de renovação, para viver, então, por mais 30 anos. Muitas vezes, em nossas vidas, temos que nos resguardar, por algum tempo, e começar um processo de renovação.
 Devemos nos desprender das (más) lembranças, (maus) costumes, e, outras situações que nos causam dissabores, para que continuemos a voar. Um vôo de vitória. 
Somente quando livres do peso do passado (pesado), poderemos aproveitar o resultado valioso que uma renovação sempre traz. Destrua, pois, o bico do ressentimento, arranque as unhas do medo, retire as penas das suas asas dos maus pensamentos e alce um lindo vôo para uma nova vida. Um vôo de vida nova e feliz.

O cara…depoimento do skatista de 76 anos de idade…Septuagenarian skateboarder

video abaixo /video below

Lloyd Kahn começou a andar de skate aos 65 anos de idade…envelhecer esta
na cabeça… (depoimento em inglês).
Septuagenarian skateboarder Lloyd Kahn shows off his moves and discusses
why he’s still skateboarding at 76.
http://o.aolcdn.com/videoplayer/AOL_PlayerLoader.swf

blog do Lloyd:
http://lloydkahn-ongoing.blogspot.com/2011/06/skateboarding-carving-in-21st-century.html

O bambu e as lições que podemos aprender…

Depois de uma grande tempestade, o menino que estava passando férias na casa do seu avô, o chamou para a varanda e falou:

– Vovô, corre aqui!! Me explica como esta Figueira, árvore frondosa e
imensa que precisa de quatro homens para abraçar seu tronco, se quebrou, caiu com o vento e com a chuva, e este Bambu, tão fraco, continua de pé?

– Filho, o Bambu permanece em pé porque teve a humildade de curvar-se na hora da tempestade. A Figueira quis enfrentar o vento.

O Bambu nos ensina sete coisas. Se você tiver a grandeza e a humildade dele vai experimentar o triunfo da paz em seu coração.

A primeira verdade que o Bambu nos ensina, e a mais importante, é a humildade diante dos problemas, das dificuldades. Eu não me curvo diante do problema e da dificuldade, mas diante daquele, o único, o princípio da paz, aquele que me chama, que é o Senhor.

Segunda verdade: o Bambu cria raízes profundas. É muito difícil arrancar um Bambu, pois
o que ele tem para cima ele tem para baixo também. Você precisa aprofundar a cada dia suas raízes em Deus e na oração.

Terceira verdade: Você já viu um pé de Bambu sozinho? Apenas quando é novo. Mas, antes de crescer, ele permite que nasçam outros a seu lado (como no cooperativismo). Sabe que vai precisar deles. Eles estão sempre grudados uns nos outros, tanto que, de longe, parecem com uma árvore. Às vezes tentamos arrancar um Bambu lá de dentro, cortamos e não conseguimos. Os animais mais frágeis vivem em bandos, para que, desse modo, se livrem dos predadores.

A quarta verdade que o Bambu nos ensina é não criar galhos. Como tem a meta no alto e vive em moita, comunidade, o Bambu não se permite criar galhos. Nós perdemos muito tempo, na vida, tentando proteger nossos galhos, coisas insignificantes que damos um valor inestimável. Para ganhar, é preciso perder tudo aquilo que nos impede de subirmos suavemente.

A quinta verdade é que o Bambu é cheio de ‘nós’ (e não de eu’s). Como ele é oco, sabe que, se crescesse sem nós, seria muito fraco.
Os nós são os problemas e as dificuldades que superamos. Os nós são as pessoas que nos
ajudam, aqueles que estão próximos e acabam sendo força nos momentos difíceis. Não devemos pedir a DEUS que nos afaste dos problemas e dos sofrimentos. Eles são nossos
melhores professores, se soubermos aprender com eles.

A sexta verdade é que o Bambu é oco, vazio de si mesmo. Enquanto não nos esvaziarmos
de tudo aquilo que nos preenche, que rouba nosso tempo, que tira nossa paz, não seremos felizes. Ser oco significa estar pronto para ser cheio do Espírito Santo.

Por fim, a sétima lição, que o Bambu nos dá, é exatamente o titulo do livro: ele só cresce para o alto. Ele busca as coisas do Alto. Essa é a sua meta.

(Retirado do livro: Buscando as coisas do alto- Padre Leo).

Enc: SUPERAÇÃO

Recebido por e-mail do amigo Alexandre P. Valeu Alexandre!

Maybe in english the correct word is Overrun isn’t it?

Superação é poder fazer acontecer com as ferramentas que temos em mãos.

Superação é trabalhar da melhor forma possível independentemente do que pensem ou falem.


Superação é irmos além do que os outros acham que somos capazes.

Tenha uma boa semana.

Have a nice week.