O doping a motor /como é? – Doped bike (also in english-video)

Ciclistas (não atletas) podem utilizar para auxílio em lombas e subidas íngrimes,porém em
competições…seria vergonhoso.Esta sob suspeita um dos mais conceituados ciclistas da atualidade…
Eu duvido que alguém colocaria a carreira em jogo
utilizando-se de algo assim…
Um motor que fica escondido dentro do quadro e que através de engrenagens consegue facil-

mente colocar um ciclista comum há 50 km/h…sem muito esforço.

Mais recentemente, o jornalista italiano Davide Cassani testado como uma bicicleta disse , “Agora eu podia andar e vencer o Giro. Mesmo que eu tenho 50 anos de idade.” Mais atenção tem sido dada a Fabian Cancellara do Saxo Bank, principalmente nas impressionantes exibições de força nas fugas solitárias no Tour de Flandres e Paris-Roubaix nesta primavera.

O piloto suíço riu da história fora. “Eu já ouvi isso. Tenha certeza, minhas realizações são o resultado de trabalho duro.” Patrick Lefevere, gerente da equipe Quick Step, leva a possibilidade de “bike doping” a sério, mas teve o cuidado de salientar, “não estou acusando ninguém.”

Ao contrário de comentários Cassani.
“Rir? Não, eu não acho graça disso. É muito grave para rir. Essa atitude me fez desconfiar.” “Por muito tempo eu também pertencia aos que não acreditava, agora eu começo a duvidar gradualmente”, ele disse: “Cuidado. Para mim, todo mundo é inocente até prova em contrário.

Eu não participo de fofocas, e eu não quero parecer paranóico, mas agora que eu vi o vídeo do equipamento, não vejo por que a UCI não deve examinar a questão cuidadosamente.” “Seria pior do que o doping”, disse Lefevere. “É mesmo roubo puro”. Veja o video acima.

Some newspaper noticed that Swiss cyclist Fabian Cancellara (one of the best riders in the world????) has used “motorized doping” this year to win two of the hardest races in pro cycling: the Tour of Flanders and Paris Roubaix.I don´t think he will used that thing…but some say the video shows
something strange…
you can see it

how it works?
http://www.youtube.com/watch?v=wGYqKBUEelw

Photoshop em 1955 ? não…montagem de fotos… (texto em ingles)/ text in english

Como faziam fotos incíveis sem usar photoshop antigamente (década de 1950)
fonte : revista Mecânica Popular de 1955

HOW TO MAKE INCREDIBLE PICTURES (Sep, 1955)
Source: Popular Mechanics ( More articles from this issue )
Issue: Sep, 1955

This stuff was a bit harder before photoshop.
The basic print on which the cut is later pasted is made first. See step 1 on the opposite page, and photo B above. This should be a sharp print with good middle tones. Use a ruler on this print to determine the exact size of the cutout needed. Next place the cutout negative, step 2, and photo A, in the enlarger and adjust the size of the cutout image to suit. The print should be made on single-weight glossy paper. Using an old magazine as a cutting board, cut carefully along the outline of the subject, step 3. Slant the knife away from the subject so that blade undercuts the edge.
Como fazer
The basic print is now placed on the cardboard, the cutout is arranged in place, and the sheet of glass is clamped over the combination, as in step 4. The last step, 5, is to photograph the composite picture. Two lights (house lamps of 150 watts will do) in reflectors are used, one on each side of the camera. The composite is propped up against a solid support, and a check should be made to see that the glass is not reflecting the light. The camera height is adjusted until the lens is 2 or 3 in. above the center of the picture, and then tilted slightly downward until the picture is centered on the ground glass. With a lens opening of f:8, use an exposure of 1/25 sec. if the camera is 2 ft. from the subject; 1/10 sec. at 3 ft.; or 1/5 sec. at 4 ft. On cameras having no focus control, use an inexpensive portrait lens. * * *
do site: http://blog.modernmechanix.com/2006/07/29/how-to-make-incredible-pictures/