Paralisia -nova descoberta! spinal cord trauma

Pesquisadores fizeram uma descoberta sensacional :

No site do National Geographic encontra-se descrito o tratamento com o corante azul utilizado em alimentos como o M&Ms e o Gatorade , que segundo as pesquisas causa a reversão da inflamação decorrente de um trauma ou dano a espinha dorsal de ratos.

No caso descrito os ratos conseguiram locomover-se novamente após injeções do corante,tudo com supervisão dos pesquisadores.

O único efeito foi a cor de patas e olhos que ficaram azuis…mas sem nenhum efeito tóxico.

27 de julho de 2009 – Quinze minutos após este rato ser paralisado pesquisadores injetaram o corante azul brilhante G, um derivado de alimentos comuns (coloração azul Number One). O corante reduziu a inflamação da medula espinhal, o que permitiu a ratos desajeitado passos dentro de semanas, confirmou um novo estudo. Em ambos os ratos e as pessoas,a inflamação secundária da medula espinhal após trauma provoca danos mais duradouros do que o prejuízo inicial: Inchaço fagulhas e um pequeno “acidente vascular cerebral”, que pára o fluxo sanguíneo e, eventualmente, mata o tecido circundante . Excepto pele e os olhos azuis “, podemos encontrar nenhum efeito clínico sobre o rato”, disse Maiken NEDERGAARD, um neurocientista da Universidade de Rochester Medical Center em Rochester, Nova York. Essa ausência de efeitos colaterais também podem ajudar a tornar o corante azul uma benção para os seres humanos paralisados. “A beleza da coisa é que não irá prejudicar você”, disse, ao contrário do tratamento anterior onde os compostos utilizados para tratar lesões da medula espinhal, tem efeitos tóxicos. —
This article at National Geographic gives a good gist of what’s going on: apparently, regular old blue food coloring, like the stuff you find in Gatorade or M&Ms, has been found to reduce spinal cord trauma and inflammation, leading to at least a partial reversal of paralysis, at least in some mice. And, unlike other treatments, there’s no toxic effects.

Anúncios