Um cãozinho agradece !! This dog wait to say "Thanks"

O Cão esperou pelos dois amigos que ajudaram para dizer-lhes:obrigado!
There were two angels involved!

Anúncios

Salvando os golfinhos-Saving the Dolphins life(Hello Faroe Islands !!)

People just know what to do…As pessoas sabiam o que deveriam fazer…

Quase 30 golfinhos salvos na segunda-feira de manhã em Arraial do Cabo, mas atenção: arrastar os golfinhos pela cauda pode causar lesões sérias, até a morte.
Almost 30 Dolphins saved by tourist and local people at Arraial do Cabo (Brasil) at 8:00 AM on March 5th 2012. (and that’s not the correct way to do it!)
Eu aproveito para perguntar: Na Dinamarca, o massacre dos golfinhos que ocorre todo ano…até quando? Video do Youtube mostra os selvagens em ação e ainda dizem que são de 1º mundo! (não assista se for menor ou sensível para as imagens)
http://youtu.be/S60tQXnSJuo

Sangue da mãe e do bebê – australiano salva mais de 2 milhões de bebês… he saves more than 2 millions babies!

Australiano já fez mais de 980 doações de sangue
Pelo motivo de ter um tipo sanguíneo raro, o australiano James Harrison já doou sangue mais de 980 vezes, e com isso salvou a vida de mais de 2,2 milhões de recém-nascidos, incluindo a do próprio neto.
Seu sangue é usado para a fabricação de vacinas, que são administradas em mães cujo sangue é Rh- e o feto é Rh+, evitando-se assim o desenvolvimento de eritroblastose fetal nos bebês.

O sangue de Harrison, de 74 anos, no entanto, é capaz de tratar essa condição mesmo depois do nascimento da criança, prevenindo a doença.
Após as primeiras doações à Cruz Vermelha australiana, descobriu-se a qualidade especial do sangue de Harrison.
Foi quando ele ganhou o apelido de “o homem com o braço de ouro“.
“Nunca pensei em parar de doar”, disse Harrison à mídia local. Em mais de uma década, ele fez 984 doações de sangue e deve chegar a de número mil ainda nesse ano.

Harrison se tornou voluntário de pesquisas e testes que resultaram no desenvolvimento de uma vacina conhecida como Anti-D, que previne a formação de anticorpos contra eritrócitos Rh-positivos em pessoas Rh-negativas.
Antes da vacina Anti-D, Rhesus era a causa de morte e de danos cerebrais de milhares de recém-nascidos na Austrália.
Aos 14 anos de idade, Harrison teve de passar por uma cirurgia no peito e precisou de quase 14 litros de sangue para sobreviver. A experiência foi o que o levou, ao completar 18 anos de idade, a passar a doar com constância o próprio sangue.
Seu sangue foi considerado tão especial que o australiano recebeu um seguro de vida no valor de um milhão de dólares australianos, o equivalente a R$ 1,8 milhão.
Entenda a eritroblastose:
A eritroblastose (do grego eritro, “vermelho” e blastos, “germe”, “broto”) fetal, doença de Rhesus, doença hemolítica por incompatibilidade Rh ou doença hemolítica do recém-nascido, ocorre quando uma mãe de Rh- que já tenha tido uma criança com Rh+ (ou que tenha tido contato com sangue Rh+, numa transfusão de sangue que não tenha respeitado as regras devidas) dá à luz uma criança com Rh+. Depois do primeiro parto, ou da transfusão acidental, o sangue da mãe entra em contato com o sangue do feto e cria anticorpos contra os antígenos presentes nas hemácias caracterizadas pelo Rh+. Durante a segunda gravidez, esses anticorpos podem atravessar a placenta e provocar a hemólise do sangue da segunda criança. Esta reação nem sempre ocorre e é menos provável se a criança tiver os antígenos A ou B e a mãe não os tiver.
Australian saved the lives of 2 million babies until now because his blood is rare and essential for development of vaccines saving.
See more in BBC site.

Avalanche – quase morte! almost die!

Um video que mostra o poder e força da natureza em forma de Avalanche!
Esquiador com câmera no capacete é pego no meio de uma gigantesca
avalanche e acaba debaixo de centenas de quilos de neve que se compac
taram em torno de seu corpo…a única parte que ficou para fora:
sua mão que facilitou a locali zação…vale a pena ver como é terrível
ser pego por este fenômeno da natureza…
Avalanche caught on helmet cam!

Um ganso de muita sorte! Lucky Goose!

Here is the world’s first bionic Goose. The two-week old gosling was found with a broken leg, but vets did not have the heart to put it down.
Instead, they decided operate the young creature, named Betty, to give her a bionic leg.

She was fitted with steel pins, nuts and bolts to build a leg brace which soon got her back up and waddling around.

The orphan, found at Watermead, Buckinghamshire, has already learned to walk again at nearby Tiggywinkles Wildlife Hospital.

It was fitted with steel pins, nuts and bolts to build a leg
Este é o primeiro ganso biônico. Quando completou duas semanas de idade ele  foi encontrado com uma perna quebrada, mas os veterinários não tiveram coragem de sacrificar o bichinho.
Em vez disso, eles decidiram operar a jovem criatura, chamada Betty, dan-do-lhe uma perna biônica.

Foram colocados pinos de aço, porcas e parafusos para reconstruir a perna além de uma braçadeira para
sustentar a articulação e o membro do ganso.
O órfão, encontrado em Watermead, Buckinghamshire, já aprendeu a andar novamente e vive no Tiggywinkles Wildlife Hospital.

Entenda como o capacete salva-vidas…e link para outra postagem (also in english)


Helmets work by bringing the head (and brain) to a relatively gradual stop upon impact. When an unprotected rider strikes his head against a hard surface, inertia causes the brain to slam forward against the skull, which can cause bruising and internal bleeding. Helmets soften the shock by gradually crushing to absorb impact energy. The outer shell will crack but still remain intact. The helmet’s body, composed of fused polystyrene beads, is compressed as it absorbs energy to cushion the blow.
Bike helmets are a proven lifesaver. According to the Insurance Institute for Highway Safety, 98 percent of bicyclists killed in 1999 weren’t wearing helmets. In the event of a crash, wearing a bicycle helmet reduces the risk of serious head injury by as much as 85 percent. Helmets not only look cool, they are cool. Those aero vents on road bike helmets reportedly keep your head cooler than riding without one. And you know that other old saw–cooler heads will prevail.

Oa capacetes atuam amortecendo a cabeça (e o cérebro)gradualmente após o impacto. Quando um ciclista desprotegido bate sua cabeça contra uma superfície dura, a inércia faz com que o cérebro ao bater a parte frontal do crânio, venha a sofrer contusões e hemorragia interna. Capacetes atenuam o choque por esmagamento gradualmente para absorver o impacto da energia. A casca exterior vai partir, mas ainda permanece intacta. O corpo do capacete , composto por esferas de poliestireno fundido, é comprimido, uma vez que absorve energia para atenuar o golpe. Capacetes são comprovadamente “salva-vidas” de ciclistas. Segundo o Instituto de Seguros para a Segurança Rodoviária (EUA), 98 por cento de ciclistas mortos em 1999 não estavam usando capacetes. Na eventualidade de um acidente, usar um capacete reduz o risco de grave ferimento na cabeça em 85 por cento. Capacetes não só parecem ser legais, eles realmente funcionam. Além disso as aberturas aeroderivadas nos capacetes mantem a cabeça mais fria do que pedalar sem capacete. E você sabe que os antigos sempre dizem- manter a cabeça fria aumenta as chances de sobrevivência.
Veja também postagem sobre capacete em setembro de 2008.
http://ummaisoumenos.blogspot.com/2008/09/o-capacete-e-as-crianasbicicletas.html