O tamanho do "saco sem fundo"- Impostolândia !

enviado pelo amigo Silvio L.

text on the amount of taxes that citizens and businesses must

pay to be in order with the state …another “record” of Brasil…

#yiv862059654 v0003a* { }

Ultimamente queria matar a curiosidade de saber como esta o tamanho da carga tributária do Brasil. Podemos agora até emprestar dinheiro para a Grécia!!!!

Ontem tive oportunidade de rever todos os impostos,contribuições,taxas,receitas….

Saiu uma Portaria da Secretaria de Orçamento Federal que mexe nas classificações orçamentárias por natureza de receita. Ou seja: Traz nova identificação de onde vem o dinheiro arrecadado pelo governo em impostos, taxas, contribuições, etc.

Olhem só que monte de kákas:

Impostos

Impostos sobre o Comércio Exterior
-Imposto sobre a Importação
-Imposto sobre a Exportação
-Impostos sobre o Patrimônio e a Renda
-Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural
-Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural – Municípios Conveniados
-Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural – Municípios Não-Conveniados
-Imposto sobre a Renda e Proventos de Qualquer Natureza Pessoas Físicas
-Pessoa Jurídica – Líquida de Incentivos
-Imposto de Renda Pessoa Jurídica – Simples Federal e Nacional
-Retido nas Fontes – Trabalho
-Retido nas Fontes – Capital
-Retido nas Fontes – Remessa ao Exterior
-Retido nas Fontes – Outros Rendimentos
-Impostos sobre a Produção e a Circulação
-Imposto sobre Produtos Industrializados Produtos do Fumo
-Bebidas
-Automóveis
-Vinculados à Importação
-Outros Produtos
-Imposto sobre Produtos Industrializados – Simples Federal e Nacional
-Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro, ou Relativas a Títulos ou Valores Mobiliários
-Comercialização do Ouro
-Impostos Extraordinários

Ta x a s

-Taxas pelo Exercício do Poder de Polícia
-Taxa de Fiscalização dos Serviços de Irrigação e Operação da Adução de Água
-Taxas de Fiscalização das Telecomunicações
-Taxa de Fiscalização de Instalação
-Taxa de Fiscalização de Funcionamento
-Taxa de Controle e Fiscalização de Produtos Químicos
-Taxas do Departamento de Polícia Federal
-Taxas de Migração
-Taxa de Licenciamento, Controle e Fiscalização de Materiais Nucleares e Radioativos e suas Instalações
-Taxa de Fiscalização e Controle da Previdência Complementar – TAFIC
-Taxa de Fiscalização dos Produtos Controlados pelo Ministério do Exército
-Taxa de Fiscalização dos Mercados de Títulos e Valores Mobiliários
-Taxa de Fiscalização dos Mercados de Seguro, de Capitalização e da Previdência Privada Aberta
-Taxa de Fiscalização de Serviços de Energia Elétrica
-Taxa de Fiscalização de Vigilância Sanitária
-Taxa de Saúde Suplementar
-Taxa por Plano de Assistência à Saúde
-Taxa por Registro de Produto
-Taxa por Alteração de Dados de Produto
-Taxa por Registro de Operadora
-Taxa por Alteração de Dados de Operadora
-Taxa por Pedido de Reajuste de Contraprestação Pecuniária
-Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental
-Taxa de Serviços Administrativos
-Taxa de Serviços Metrológicos
-Taxa de Fiscalização sobre a Distribuição Gratuita de Prêmios e Sorteios P 74
-Taxas pela Prestação de Serviços
-Emolumentos Consulares
-Taxa de Pedido de Visto em Contrato de Trabalho de Estrangeiro
-Taxa de Utilização do Sistema Eletrônico de Controle de Arrecadação do Adicional ao Frete para a Renovação da Marinha Mercante
-Taxa de Avaliação do Ensino Superior
-Taxa Judiciária da Justiça do Distrito Federal
-Emolumentos e Custas da Justiça do Distrito Federal
-Emolumentos e Custas Judiciais
-Taxa de Utilização do Sistema Integrado de Comércio Exterior – SISCOMEX
-Emolumentos e Custas Processuais Administrativas
-Emolumentos e Custas de Apreciação de Atos e Contratos
-Emolumentos e Custas Decorrentes de Consultas
-Taxa Militar
-Taxa de Classificação de Produtos Vegetais
-Taxa de Serviços Cadastrais
-Taxa de Serviços Aquícolas
-Outras Taxas pela Prestação de Serviços

Contribuição de Melhoria

-Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social
-Receita de Parcelamentos – Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social
-Contribuição para o Salário-Educação
-Cota-Parte da Contribuição Sindical
-Contribuição para o Ensino Aeroviário
-Contribuição para o Desenvolvimento do Ensino Profissional Marítimo P Contribuição para o Fundo de Saúde das Forças Armadas P 00
-Contribuição sobre a Arrecadação dos Fundos de Investimentos Regionais Contribuição sobre Movimentação ou Transmissão de Valores e de Créditos e Direitos de Natureza Financeira
-Contribuição para o Custeio das Pensões Militares
-Contribuição sobre a Receita de Sorteios Realizados por Entidades Filantrópicas
-Contribuições sobre a Receita de Concursos de Prognósticos
-Contribuição sobre a Receita da Loteria Federal
-Contribuição sobre a Receita de Loterias Esportivas
-Contribuição sobre a Receita de Concursos Especiais de Loterias Esportivas
-Contribuição sobre a Receita de Loterias de Números
-Contribuição sobre a Receita da Loteria Instantânea
-Contribuição sobre a Receita de Outros Concursos de Prognósticos P 00
-Contribuição Sobre a Receita de Concurso de Prognóstico Específico Destinado ao Desenvolvimento da Prática Desportiva – Modalidade Futebol
-Outros Prêmios Prescritos
-Contribuições para o Regime Próprio de Previdência do Servidor Público
-Contribuição Patronal de Servidor Ativo Civil para o Regime Próprio -contribuição do Servidor Ativo Civil para o Regime Próprio
-Contribuição do Servidor Inativo Civil para o Regime Próprio
-Contribuição de Pensionista Civil para o Regime Próprio
-Contribuição Previdenciária para Amortização do Déficit Atuarial
-Contribuição Previdenciária em Regime de Parcelamento de Débitos – Contribuições Previdenciárias para o Regime Geral de Previdência Social
-Contribuição Previdenciária do Segurado Obrigatório – Contribuinte Individual
-Contribuição Previdenciária do Segurado Assalariado
-Contribuição Previdenciária da Empresa sobre Segurado Assalariado
-Contribuição Previdenciária da Empresa Optante pelo SIMPLES
-Contribuição Previdenciária sobre Espetáculo Desportivo
-Contribuição Previdenciária sobre a Produção Rural
-Contribuição Previdenciária em Regime de Parcelamento de Débitos – RGPS
-Contribuição Previdenciária para o Seguro de Acidente do Trabalho -Contribuição Previdenciária sobre Reclamatória Trabalhista
-Contribuição Previdenciária em Regime de Parcelamento de Débitos dos Municípios
-Contribuição Previdenciária do Segurado Obrigatório – Empresário
-Contribuição Previdenciária do Segurado Facultativo
-Contribuição Previdenciária do Segurado Especial
-Contribuição Previdenciária do Segurado Obrigatório – Empregado Doméstico
-Contribuição Previdenciária dos Órgãos do Poder Público P
-Contribuição Previdenciária das Entidades Filantrópicas P
-Contribuição Previdenciária – Retenção sobre Nota Fiscal – Sub-rogação
-Contribuição Previdenciária na Forma de Depósito Judicial, Recursal e Custas Judiciais
-Contribuição Previdenciária das Cooperativas de Trabalho Descontada do Cooperado
-Contribuições Previdenciárias
-Contribuições Rurais
-Contribuição Industrial Rural
-Adicional à Contribuição Previdenciária
-Contribuição e Adicional para o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC
-Contribuição para o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC
-Adicional à Contribuição para o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC
-Contribuição e Adicional para o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial -SENAI
-Contribuição para o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI
-Adicional à Contribuição para o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI
-Contribuição e Adicional para o Serviço Social do Comércio – SESC
-Contribuição para o Serviço Social do Comércio – SESC
-Adicional à Contribuição para o Serviço Social do Comércio – SESC
-Contribuição e Adicional para o Serviço Social da Indústria – SESI
-Contribuição para o Serviço Social da Indústria – SESI
-Adicional à Contribuição ao Serviço Social da Indústria – SESI
-Contribuições para os Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público – PIS/PASEP
-Contribuição Social sobre o Lucro das Pessoas Jurídicas
-Contribuição para o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR
-Contribuição para o Serviço Social do Transporte – SEST
-Contribuição para o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte – SENAT
-Contribuição para o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE
-Contribuição para o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo – SESCOOP
-Contribuição sobre Jogos de Bingo
-Contribuição Relativa à Despedida de Empregado sem Justa Causa P 00
-Contribuição sobre a Remuneração Devida ao Trabalhador
-Outras Contribuições Sociais
-Contribuições Econômicas
-Contribuição para o Programa de Integração Nacional – PIN
-Contribuição para o Programa de Redistribuição de Terras e de Estímulo à Agroindústria do Norte e do Nordeste – PROTERRA
-Contribuições para o Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades de Fiscalização
-Selo Especial de Controle
-Contribuição sobre Apostas em Competições Hípicas
-Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional
-Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional – Remessas
-Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional – Títulos P 00
-Adicional sobre as Tarifas de Passagens Aéreas Domésticas P 00
-Cota-Parte do Adicional ao Frete para Renovação da Marinha Mercante P Contribuição sobre a Receita das -Concessionárias e Permissionárias de Energia Elétrica P 00
-Contribuição pela Licença de Uso, Aquisição ou Transferência de Tecnologia
-Contribuição sobre a Receita das Empresas Prestadoras de Serviços de Telecomunicações
-Contribuição sobre a Receita Operacional Bruta Decorrente de Prestação de Serviços de Telecomunicações
-Contribuição sobre a Receita Bruta das Empresas Prestadoras de Serviços de Telecomunicações
-Contribuição Relativa às Atividades de Comercialização de Petróleo e seus Derivados, Gás Natural e Álcool Carburante
-Contribuição Relativa às Atividades de Importação de Petróleo e seus Derivados, Gás Natural e Álcool Carburante
-Contribuição Relativa às Atividades de Comercialização de Petróleo e seus Derivados, Gás Natural e Álcool Carburante
-Contribuição para o Fomento da Radiodifusão Pública
-Contribuição sobre o Faturamento das Empresas de Informática
-Contribuição sobre o Faturamento das Empresas de Informática Instaladas na Amazônia
-Contribuição sobre o Faturamento das Empresas de Informática Instaladas na Amazônia – Principal
-Contribuição sobre o Faturamento das Empresas de Informática Instaladas na Amazônia – Excedente
-Contribuição sobre o Faturamento das Empresas de Informática Instaladas na Amazônia – Residual
-Contribuição sobre o Faturamento das Empresas de Informática Instaladas na Amazônia – Parcelamento de Débitos
-Contribuição sobre o Faturamento das Empresas de Informática Instaladas nas Demais Regiões
-Contribuição sobre o Faturamento das Empresas de Informática Instaladas nas Demais Regiões – Principal
-Contribuição sobre o Faturamento das Empresas de Informática Instaladas nas Demais Regiões – Excedente
-Contribuição sobre o Faturamento das Empresas de Informática Instaladas nas Demais Regiões – Residual
-Contribuição sobre o Faturamento das Empresas de Informática Instaladas nas Demais Regiões – Parcelamento de Débitos
-Outras Contribuições Econômicas
-Outras Contribuições Econômicas – Principal
-Aluguéis
-Arrendamentos
-Foros
-Laudêmios
-Taxa de Ocupação de Imóveis
-Taxa de Ocupação de Terrenos da União P 00
-Taxa de Ocupação de Imóveis Funcionais e Próprios Nacionais Residenciais P 00
-Taxa de Ocupação de Outros Imóveis

Receitas diversas

-Receita de Concessões e Permissões
-Receita de Concessões e Permissões – Serviços
-Receita de Concessões e Permissões – Serviços de Transporte
-Receita de Outorga dos Serviços de Transporte Ferroviário
-Receita de Outorga dos Serviços de Transportes Rodoviário Interestadual e Internacional de Passageiros
-Receita de Outorga dos Serviços de Transporte Metroviário de Passageiros
-Receita de Outorga dos Serviços de Transporte Marítimo de Passageiros Outras Receitas de Concessões e Permissões – –Serviços de Transporte P Receita de Concessões e Permissões – Serviços de Comunicação
-Receita de Outorga dos Serviços de Telecomunicações
-Receita de Outorga dos Serviços de Radiodifusão Sonora e de Sons e Imagens
-Receita de Outorga do Direito de Uso de Radiofrequência
-Receita de Transferência de Concessão, de Permissão ou de Autorização de Telecomunicações ou de Uso de Radiofrequência
-Receita de Transferência de Concessão, de Permissão ou de Autorização de Rodovias
ou de Obras Rodoviárias Federais
-Receita de Outorga para a Utilização de Posições Orbitais
-Receita de Outorga de Licenças e Autorizações da Agência Espacial Brasileira
-Receitas de Concessões e Permissões – Serviços de Comunicação
-Receita de Outorga para Exploração dos Serviços de Energia Elétrica P Outras Receitas de Concessões e Permissões – Serviços
-Receita de Concessões e Permissões – Exploração de Recursos Naturais
-Receita de Outorga dos Serviços de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural
-Bônus de Assinatura de Contrato de Concessão
-Pagamento pela Retenção de Área para Exploração ou Produção
-Receita de Outorga de Direitos de Uso de Recursos Hídricos
-Receita de Outorga de Direitos de Exploração e Pesquisa Mineral
-Receita de Concessão Florestal
-Receita de Concessão de Florestas Nacionais – Valor Mínimo
-Receita de Concessão de Florestas Nacionais – Demais Valores
-Receita de Outras Concessões Florestais – Valor Mínimo
-Receita de Outras Concessões Florestais – Demais Valores
-Receita de Custos de Edital de Concessão Florestal
-Receita de Contratos de Transição de Concessão Florestal
-Outras Receitas de Concessões e Permissões – Recursos Naturais
-Receita de Concessões e Permissões – Direitos de Uso de Bens Públicos
-Receita de Concessão de Direito Real de Uso de Área Pública
-Receita de Outorga de Direito de Uso ou de Exploração de Criação Protegida – Instituição Científica e Tecnológica
-Receita de Concessão de Uso do Potencial de Energia Hidráulica
-Receita da Permissão de Uso de Área da União Curta Duração
-Receita da Cessão de Uso de Bens da União
-Outras Receitas de Concessões e Permissões
– Direitos de Uso de Bens Públicos P 50
-Outras Receitas de Concessões e Permissões
-Compensações Financeiras
-Utilização de Recursos Hídricos – Itaipu
-Utilização de Recursos Hídricos – Demais Empresas
-Exploração de Recursos Minerais
-Royalties pela Produção de Petróleo ou Gás Natural – em Terra
-Royalties pela Produção de Petróleo ou Gás Natural – em Plataforma P Royalties Excedentes pela Produção de Petróleo -ou Gás Natural – em Terra
-Royalties Excedentes pela Produção de Petróleo ou Gás Natural – em Plataforma
-Participação Especial pela Produção de Petróleo ou Gás Natural
-Outras Receitas Patrimoniais

Postado por Luiz Queiroz em Blog Capital Digital

com alterações no texto inicial.


Anúncios

Não desista ! / Don´t give up !

Eu sei, eu sei.
Às vezes parece que nada adianta, que nada vai dar certo, que quem escapar da miséria, do assaltante, da bala perdida e da bomba terrorista a epidemia pega, e que
o fim dos tempos está ali na esquina
.
Mas pense o seguinte:
você pertence a uma raça de vencedores.

Os antepassados de toda a sua raça – a humana – têm todos, as mesmas características positivas em comum. Todos, sem exceção, atingiram a maturidade,pelo menos sexual. Todos sobreviveram a pestes,guerras, má nutrição e desastres naturais
e chegaram à idade de ter filhos. E todos- olha só a sua sorte – eram férteis.
Não eram, necessariamente , todos heterossexuais, mas pelo menos uma vez
na vida foram. E, por acidente ou não, tiveram pelo menos um filho com um
parceiro do outro sexo.

Quer dizer, você pertence a uma linhagem admirável que nunca se deixou abater, e venceu todos os obstáculos para que você e a sua raça estivessem aqui hoje, se queixando da vida.
Você mesmo não se dá conta do que passou para existir.Do seu feito, do seu
mérito em sair do nada – ou quase nada, uma larva – e ficar deste tamanho.
Não pense que você estava sozinho no sêmen do seu pai. Que era moleza,só
chegar no útero da sua mãe assoviando e pimba, fecundar o óvulo.
Havia milhões de outros espermatozóides no sêmen do seu pai, naquela parti
cular jornada. Milhões. e não era assim como a São Silvestre, em que já se conhe
ce antes os prováveis vencedores. Ou como a Fórmula 1, em que o resto da equipe
trabalha para um vencedor designado. Ninguém é favorito, ninguém é azarão
na corrida para o óvulo. E não tem aquela de “passa, irmãozinho”, “não! passa
você”. Era cada um por si .
E você venceu!
O espermatozóide que deu em você derrotou milhões de espermatozóides que deram
em nada e chegou na frente,
Aquele berro que você deu ao nascer foi um grito de vitória, um “Primeirão!”
em linguagem de recém-nascido, guardado na garganta durante nove meses.
E você tinha todas as razões para festejar.
Como hoje tem todas as razões para se sentir um vencedor, membro de uma
casta de vencedores – os que nasceram, os que estão aí. Pense naqueles
espermatozóides que não conseguiram. Que tinham o mesmo objetivo, a mês
ma vontade de ser alguma coisa na vida, e fracassaram. Para eles não adiantava
chegar em segundo. Não havia vice. E nem repescagem. Ou chegavam em
primeiro ou estavam condenados a não existir. E o primeiro, o primeirão, foi
você. Deveria constar do nosso currículo. “vencedor da corrida para o óvulo”
o local e a data. E não deveríamos precisar de nenhuma outra referência ou pro
va de capacidade.

Eu sei, eu sei.
Às vezes parece que a corrida para o óvulo não terminou, que aquela era apenas
uma prova eliminatória, e a outra, a que vale, duraria toda a vida, você contra
outros espermatozóides que deram certo. Só os campeões, competindo por di
nheiro, sucesso e posição no mundo, em vez de no útero.
Com a diferença que, nesta corrida, contam origem , diploma e pistolão e uma
minoria tem mais possibilidade de vitória do que a maioria. Mas não desanime
Convença-se que você é um vencedor e vem de uma longa linha de vencedores
que prevaleceram apesar de tudo.
E se tudo o mais falhar… Bem, a chance de você ganhar uma Mega Sena são
exatamente iguais à do seu espermatozóide ser o primeiro a chegar ao óvulo.
Quer dizer,você já tem uma história de boa sorte.
(Luís F. Veríssimo )

Don´t give up ( translate by google)
I know, I know.
Sometimes it seems that nothing good, nothing will work out, that those who escape the poverty, the robbery , the bullet missed and the terrorist bomb takes the epidemic, and that
the end of time is around the corner.
But consider the following:
you belong to a race of winners.

The ancestors of all his race – the human – all have the same positive characteristics in common. All, without exception, reached maturity, at least
sexual. All survived the plagues, wars, malnutrition, and natural disasters
and arrive at childbearing age. And all-looks just your luck – were fertile.
They were not necessarily all heterosexual, but at least once
in life were. And, by accident or not, had at least one child with a
partner of the opposite sex.

I mean, you belong to a lineage admirable that it never fell, and defeated all obstacles so that you and your race were here today, complaining of life.
You do not even realize what has to existir.Do its done, its
merit in getting out of nothing – or almost nothing, a larva – and stay this size.
Do not think you were alone in the semen of her father. That was a breeze, only
arrive in the womb of his mother and whistling Pimp, fertilize the egg.
There were millions of other sperm in the semen of her father, that parti
ticular day. Million. and it was not like the Saint Sylvester, in which it is known
ce before the likely winners. Or as Formula 1, where the rest of the team
works as a winner. Nobody’s favorite underdog is no
the race to the egg. And there is that of “is, little brother,” “No! is
you. It was every man for himself.
And you won!
The sperm that has defeated you in millions of sperm that have
at all and came in front,
That roar you gave birth was a cry of victory, a “Im the one !”
language of newborn saved in the throat for nine months.
And you had every reason to celebrate.
As today has every reason to feel like a winner, a member of
variety of winners – those born, those who are there. Think of those
sperm that failed. What had the same goal, the months
ma will be something in life, and failed. For them no good
come second. There was no vice. Nor recap. Or arrived in
first or were doomed to not exist. And the first, the primeirão was
you. Should appear in our curriculum. “Winner of the race for the egg”
the place and date. And we should not need any further reference or pro
va capacity.

I know, I know.
Sometimes it seems that the race for the egg is not over, that this was only
a test round, and another, worth, would last a lifetime, you against
other sperm that worked. Only the champions, competing for di
Maximiano Pinheiro, success and position in the world, instead of the uterus.
With the difference that in this race, origin count, diploma and a pistol and
minority is more likely to win than most. But do not be discouraged
Convince yourself that you are a winner and comes from a long line of winners
that prevailed after all.
And if all else fails … Well, the chance of you winning a Lotto are
exactly equal to their sperm to be the first to reach the egg.
I mean, you already have a history of good luck.
(Luís F. Veríssimo)